Pesquise aqui

Mostrando postagens com marcador Salomão. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Salomão. Mostrar todas as postagens

27 de agosto de 2016

Por que ler Provérbios - Provérbios 1

PROVÉRBIOS DE SALOMÃO
Introdução geral

"PROVÉRBIOS de Salomão, filho de Davi, rei de Israel;
Para se conhecer a sabedoria e a instrução; para se entenderem as palavras da prudência;
Para se receber a instrução do entendimento, a justiça, o juízo, e a equidade;
Para dar aos simples prudência, e aos jovens conhecimento e bom siso;
Para o sábio ouvir e crescer em sabedoria, e o entendido adquirir sábios conselhos;
Para entender provérbios e sua interpretação: como também as palavras dos sábios, e suas adivinhações." (Provérbios cap. 1 e vers. 1 ao 6)

Aqui está a palavra de Deus para a nossa vida. Na Bíblia Sagrada não falta nada, não falta nenhum assunto e nada é omitido. E o Senhor, em sua infinita bondade e misericórdia deu sabedoria ao rei Salomão, filho de Davi, para escrever o livro de Provérbios. Este livro é como uma carta de um Pai amoroso para os seus filhos e este Pai amoroso é Deus, o Rei Eterno, o Rei da Glória.
Convém a nós ler com todo cuidado e atenção a mensagem do Senhor para nós, porque Ele só quer a nossa vida, a nossa paz, o nosso bem. E, depois de lermos, colocarmos em prática os seus preciosos ensinamentos.
Oh, e onde está a sabedoria? Ela pode ser comprada, ela é vendida? Não e não pois a sabedoria está com Deus e vem dele somente. Para adquirirmos sabedoria, devemos ler a palavra do Senhor e pedir a Ele que Ele nos dará.
A palavra de Deus nos traz instrução e entendimento para vivermos aqui nesta terra. Porque se não tivermos sabedoria e prudência, certamente iremos cometer muitos erros e seremos prejudicados de uma forma, ou de outra.
Os simples precisam de prudência e os jovens têm que ter conhecimento.
Para o sábio tornar-se mais sábio ainda e o entendido ser sabiamente aconselhado.
Para compreender os provérbios e toda a sua interpretação vamos ler agora os primeiros conselhos divinos para nós:

"Não te deixes seduzir por pecadores"
Provérbios cap. 1 dos vers. 7 ao 19:

"O temor do Senhor é o princípio da ciência: os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.
Filho meu, ouve a instrução de teu pai, e não deixes a doutrina de tua mãe.
Porque diadema de graça serão para a tua cabeça, e colares para o teu pescoço.
Filho meu, se os pecadores com blandícias te quiserem tentar, não consintas.
Se disserem: Vem conosco; espiemos o sangue; espreitemos sem razão o inocente;
Traguemo-los vivos, como a sepultura; e inteiros, como os que descem à cova;
Acharemos toda a sorte de fazenda preciosa; encheremos as nossas casas de despojos;
Lançarás a tua sorte entre nós; teremos todos uma só bolsa;
Filho meu, não te ponhas a caminho com eles: desvia o teu pé das suas veredas.
Porque os pés deles correm para o mal e se apressam a derramar sangue.
Na verdade, debalde se estenderia a rede perante os olhos de qualquer ave.
E estes armam ciladas contra o seu próprio sangue; e as suas próprias vidas espreitam.
Tais são as veredas de todo aquele que se entrega á cobiça; ela prenderá a alma dos que a possuem."

Aí está a instrução do Rei do Universo para todos. Em primeiro lugar, temer ao Senhor é o começo de tudo, o princípio da sabedoria. E quem desprezar essa instrução será um louco por fazer isso.
Devemos temer a Deus e ouvir também os conselhos de nosso pai e de nossa mãe pois isso é bom.
Agora, quais são os conselhos e os convites que não devemos aceitar? Os dos pecadores, daquelas pessoas que estão no mau caminho, que andam por veredas tortuosas e praticam o mal.
Se eles nos chamarem para qualquer coisa, para irmos a tal lugar, não podemos aceitar porque os seus caminhos são tenebrosos, são caminhos de morte e as suas intenções não são nada boas.
A partir do versículo 10 vemos como essas pessoas falam e agem e tudo o que oferecem para convencer a outros a participarem de seus planos obscuros. Aquele que não for entendido e não tiver sabedoria, infelizmente cairá na cilada maligna, por isso Deus, o Pai nos avisa:

"Filho meu, não te ponhas a caminho com eles: desvia o teu pé das suas veredas."  (vers. 15)

Os que praticam o mal, atentando contra a vida de seu próximo, derramando sangue, cometendo roubos e crimes, desobedecem à lei do Senhor e também à lei dos homens, mal sabem eles  que estão colocando a própria vida em risco e que poderão cair na própria cilada que armaram porque Deus é justo e não concorda com o erro.
E, para terminar, aquele que se deixa levar pela cobiça, pela ganância e ambição e por causa disso acaba cometendo coisas ilícitas, também ficará preso na própria cobiça e se dará mal.
Por isso temos que ter muito cuidado com o que fazemos, aonde vamos e o que desejamos e ainda, o que fazemos e como fazemos para conseguir aquilo que desejamos.
Mas a palavra do Senhor está aí para nos ensinar, nos orientar e nos instruir acerca do bem e do mal. Temos que buscar a sabedoria e o entendimento do alto, lendo a palavra de Deus. Não vamos ser loucos de ignorar isto.

"E estes armam ciladas contra o seu próprio sangue; e as suas próprias vidas espreitam.
Tais são as veredas de todo aquele que se entrega á cobiça; ela prenderá a alma dos que a possuem." (vers. 18 e 19)

Realmente não vale nada a pena deixar-se ser seduzido por pecadores e desviar-se do caminho reto porque as atrações que eles oferecem podem ser bonitas e até parecerem boas mas na verdade nada mais são do que a atração do mal, o caminho da morte. Diga não, não aceite os convites para as coisas erradas porque depois certamente haverá um alto preço a se pagar.




 

8 de agosto de 2015

Qual é o dever de todo o homem?

" Procurou o pregador achar palavras agradáveis; e o escrito é a retidão, palavras de verdade.
As palavras dos sábios são como aguilhões, e como pregos bem fixados pelos mestres das congregações, que nos foram dadas pelo único Pastor.
E, de mais disto, filho meu, atenta: não há limite para fazer livros, e o muito estudar enfado é da carne.
De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo o homem.
Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom quer seja mau. "  (Eclesiastes 12. 10 ao 14)

Aqui está a Palavra do Senhor, retirada da Bíblia Sagrada. Palavra esta que é fiel e verdadeira, pura e santa. Palavra do Criador do Universo e nosso Criador também.

Deus deu sabedoria para o rei Salomão, grande sabedoria, além de riquezas e glória para ele, ou seja, Salomão foi um homem que teve de tudo nesta vida, tudo mesmo e ele viveu intensamente a vida, provou dos mais diversos prazeres que há. Mas Salomão, como tinha uma sabedoria dada por Deus, viu e comprovou o que era bom, e o que não era bom, e assim, ele tirou muitos ensinamentos e conclusões sobre a vida terrena aqui na terra, e também, claro, sobre a nossa relação com Deus.

Além do rei Salomão ter atestado que aqui, neste mundo, as coisas não passam de vaidade, ele também chegou a uma importantíssima conclusão sobre o dever do homem aqui na terra.

E, para Salomão falar sobre isso, as palavras não seriam necessariamente agradáveis. Sabe por quê? A verdade nem sempre nos agrada, mas nós precisamos conhecer a verdade não é mesmo? A verdade pode doer, pode até machucar mas, ainda assim, a verdade é melhor do que a mentira. E a palavra do Senhor é assim: Ela é feita de verdade, ela é reta. Você pode não gostar, não acreditar nela, mas essa palavra não muda e ela é justa.

Salomão depois de ter vivido uma vida privilegiada, ter escrito muitos provérbios e para terminar os seus escritos, ele chegou à conclusão que, por mais que o homem estude, por mais que as pessoas aprendam, por mais que livros sejam lançados e de tudo o que ele já havia escrito, tudo termina nisso: temer a Deus e guardar os seus mandamentos, porque este é o dever de todo o homem.

O dever de todos é este. Não importa se a pessoa é rica ou pobre, branca ou negra, nova ou velha. O dever dela, o dever meu, o dever seu, é temer a Deus e guardar os seus mandamentos. Mas por que ou para que isso? Porque Deus é o Supremo Criador e o Justo Juíz que um dia irá julgar a todos nós. Ele é o Senhor e quem tem juízo deve obedecê-lo. Porque:
" Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom quer seja mau. "

Se você já faz o bem, não se preocupe, porque um dia você será recompensado por Deus. Se você já teme à Ele e obedece os seus mandamentos, fique tranquilo, porque obterá a salvação em Cristo Jesus. Mas, se você pratica o mau, faz o que não é bom aos olhos do Senhor, então você deve se preocupar e saber que um dia, terá que prestar contas ao dono de tudo, àquele que vê e que sabe até tudo o que está encoberto.

Não esqueça que essa palavra é fiel e verdadeira. Ela é simplesmente a Palavra de Deus.
Ele criou o homem com um próposito, para lhe adorar. Ele não criou o homem para fazer a vontade do diabo. Mas também o Senhor deu oportunidade de escolha: as pessoas são livres para escolherem entre o bem e o mal, entre obedecer ou não obedecer, entre acreditar em Sua palavra ou não. A escolha é nossa.

Se você não sabe o que significa temer a Deus, saiba que, neste sentido, temer a Deus não é ter medo dele, mas sim, reverenciá-lo, adorá-lo reconhecendo que Ele é o Senhor de toda a terra, o Senhor do Universo.
Para você guardar os mandamentos divinos, você deve conhecê-los, para saber quais são e conseguirá isto lendo a Bíblia e sabendo qual é a vontade do Criador para conosco, o que Ele quer que façamos. Você pode começar lendo o livro de Provérbios de Salomão e o próprio Eclesiastes, bem como também os Salmos de Davi e ainda, ler os evangelhos que fala da vida e da obra de Jesus, o Filho de Deus, que foi enviado para nos salvar e nos libertar do pecado. Lembrando que toda a Bíblia, livro por livro, palavra por palavra, letra por letra é a Sagrada Palavra do Deus vivo e eterno, o Todo-Poderoso e Pai das Luzes, inspirada pelo divino Espírito Santo.

Você pode estudar, fazer planos e sonhar, mas não se esqueça disso: "Todo o dever do homem consiste em temer a Deus e em guardar os seus mandamentos" A gente não pode fugir disso, não tem como se esconder de Deus. E outra: os mandamentos divinos não são ruins, muito pelo contrário, eles são maravilhosos e bons, foram feitos para o nosso próprio bem, para a nossa felicidade. Pense: e se não existissem as regras de trânsito? Certamente, viver na cidade seria um caos não seria? Imagine a bagunça e quantos acidentes não ocorreriam? As regras são feitas pra isso: para a nossa segurança. Embora muitos não obedeçam às leis de trânsito e assim prejudicam a si mesmos e aos outros, é necessário que haja esse controle. Por isso que Deus fez os mandamentos e preceitos para nós: para orientar a nossa vida e para que sejamos felizes, abençoados e andemos em segurança.

Salomão, com toda sua riqueza e sabedoria, com toda experiência de vida que obteve, comprovou isto: o melhor para o homem mesmo, é temer a Deus e guardar os seus mandamentos.