Pesquise aqui

Mostrando postagens com marcador graça. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador graça. Mostrar todas as postagens

26 de maio de 2016

ISAÍAS 53 - O PREÇO DA SALVAÇÃO, O SACRIFÍCIO DE JESUS

A Palavra de Deus diz assim em Isaías 53 a partir do versículo 1:

"QUEM deu crédito à nossa pregação? e a quem se manifestou o braço do Senhor?
Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz duma terra seca; não tinha parecer nem formosura; e, olhando nós para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos.
Era desprezado, e o mais indigno entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos: e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades: o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados."  (versículos 1 ao 5)

Vemos que, nestes versículos e nos demais do mesmo capítulo, o profeta de Deus não revela nome algum da pessoa de quem fala. Ele apenas se refere como "ele". E quem seria esse "ele"? Quem seria esse homem que passou por tão grande sofrimento? Esse homem nada mais é que o Filho de Deus e o seu nome é Jesus, sim, o Salvador do mundo que escolheu deixar a Sua glória e vir aqui nesta terra, tornar-se um homem mortal, vivendo como nós e depois ser sacrificado, passando por grande humilhação só para nos salvar, só por nos amar.
Continuando:

"Todos nós andamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho: mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos.
Ele foi oprimido, mas não abriu a sua boca: como um cordeiro foi levado ao matadouro, e, como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a sua boca.
Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? porquanto foi cortado da terra dos viventes: pela transgressão do meu povo foi ele atingido.
E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; porquanto nunca fez injustiça, nem houve engano na sua boca."   (versículos 6 ao 9)

Aqui lemos que o que causou tudo isso foram os nossos pecados, as nossas transgressões e as nossas iniquidades pois, Ele, Jesus, o Unigênito e Perfeito Filho de Deus não tinha pecado algum, Ele nunca pecou, não tinha nenhuma mancha, nenhuma mácula, nunca cometeu nenhuma injustiça e nenhuma maldade mas nós, que tristeza, sempre fomos pecadores e falhos, nós somos maus e nunca alcançaríamos a salvação se não fosse esse sacrifício de Cristo lá na cruz do Calvário. Ele pagou o preço por nós pecadores, Ele que foi morrer em nosso lugar para cumprir o plano de salvação e para que assim pudéssemos receber o perdão e sermos salvos. Tem amor maior do que isto?

Para terminar:
"Todavia, ao Senhor agradou o moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão.
O trabalho da sua alma ele verá, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos: porque as iniquidades deles levará sobre si.
Pelo que lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e pelos transgressores intercede."   (versículos 10 ao 12)

Imagine, Ele sofreu muito. Simplesmente Ele carregou sobre si todos os nossos pecados e ainda, todas as nossas enfermidades e dores levou sobre si. Imaginemos o peso e a dor que Ele sentiu. Ele foi moído por nossa causa, foi crucificado numa cruz e morreu junto a pecadores mas Ele era Santo!
Mas tudo isso que o Filho de Deus passou e sofreu não foi em vão e não há motivo para tristeza porque o Seu sangue derramado trouxe salvação e redenção para muitos e produziu muitos frutos.
Àqueles que O aceitam como o Seu Único e Suficiente Salvador e se arrependem de seus pecados, tornam-se Seu povo, um povo lindo e especial, lavado e purificado no sangue de Jesus.

E quem ainda não O aceitou, não entregou sua vida a Ele, ainda há tempo, não sei até quando mas é melhor tomar essa decisão agora pois um dia não haverá mais essa oportunidade porque a porta da graça vai se fechar e aí será o tempo do juízo final e não haverá mais misericórdia.
O tempo é agora porque esse mesmo Jesus que morreu por nós, Ele não ficou morto no sepulcro não, ao terceiro dia Ele ressuscitou dentre os mortos e depois voltou para o céu para interceder ao Pai por nós mas deixou avisado que um dia voltaria para buscar o Seu povo, àqueles que O aceitaram, a Sua igreja querida. Mas Ele não pode levar todo mundo para o céu pois, a decisão tem que ser sua, a salvação é pessoal e quem não estiver preparado vai ficar aqui.