Pesquise aqui

Mostrando postagens com marcador oração. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador oração. Mostrar todas as postagens

4 de setembro de 2016

Salmo 66 - "Cântico de louvor a Deus pelas suas grandes obras"

Salmo 66
"LOUVAI a Deus com brados de júbilo, todas as terras.
Cantai a glória do seu nome; dai glória ao seu louvor.
Dizei a Deus: Quão terrível és tu nas tuas obras! pela grandeza do teu poder se submeterão a ti os teus inimigos.
Toda a terra te adorará e te cantará louvores: eles cantarão o teu nome.
Vinde, e vede as obras de Deus; é terrível nos seus feitos para com os filhos dos homens.
Converteu o mar em terra seca; passaram o rio a pé; ali nos alegramos nele.
Ele domina eternamente pelo seu poder: os seus olhos estão sobre as nações; não se exaltem os rebeldes.
Bendizei, povos, ao nosso Deus, e fazei ouvir a voz do seu louvor.
Ao que sustenta com vida a nossa alma, e não consente que resvalem os nossos pés.
Pois tu, ó Deus, nos provaste; tu nos afinaste como se afina a prata.
Tu nos meteste na rede; afligiste os nossos lombos.
Fizeste com que os homens cavalgassem sobre as nossas cabeças; passamos pelo fogo e pela água; mas trouxeste-nos a um lugar de abundância.
Entrarei em tua casa com holocaustos; pagar-te-ei os meus votos,
Que haviam pronunciado os meus lábios, e dissera a minha boca, quando eu estava na angústia.
Oferecer-te-ei holocaustos de animais nédios, com odorante fumo de carneiros; oferecerei novilhos com cabritos.
Vinde, e ouvi, todos os que temeis a Deus, e eu contarei o que ele tem feito á minha alma.
A ele clamei com a minha boca, e ele foi exaltado pela minha língua.
Seu eu atender à iniquidade no meu coração, o Senhor não me ouvirá;
Mas, na verdade, Deus me ouviu; atendeu à voz da minha oração.
Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia."
(Salmo 66 - 1-20)

Este salmo é um convite para louvarmos o nome do Senhor. Toda a terra está convocada para cantar e adorar ao Deus Todo-Poderoso pelas suas grandes obras, pelo seu imenso poder e porque Ele é terrível em seus feitos. Sim, este é o nosso Deus. Aquele que já transformou o mar em terra seca e fez o seu povo passar a pé. Aquele que domina eternamente...

Ele contempla todas as nações, os grandes e pequenos. Os que são rebeldes, que não ousem em exaltar-se...
Ele é quem nos sustenta com vida e não deixa que caiamos.
Sim, Ele também nos prova, nos aflige e nos faz passar pelo fogo e pela água mas em tudo isso Ele nos garante a vitória. Ele quer ver a nossa fé, a nossa fidelidade, a nossa paciência. É difícil passar pela prova, muito difícil mas Ele não nos abandona em nenhum momento porque é Fiel.

E, depois de vencermos a prova e obtivermos a vitória, entraremos na casa do Senhor com o coração cheio de gratidão e pagaremos os nossos votos, que fizemos no momento de angústia.
Iremos oferecer o nosso louvor, a nossa adoração e glorificar o seu santo nome. E vamos testemunhar e contar o que Ele fez por nós.
No momento de dor, de aperto e perigo, eu clamei ao Senhor e Ele se compadeceu de mim e me livrou, por isso eu O louvo, e O louvarei para sempre.
Mas, se eu der lugar para o pecado em minha vida, se eu der espaço para a iniquidade, o Santo de Israel não poderá me ouvir.
Louvado seja Deus que atendeu à minha oração e nem deixou de ter misericórdia de mim, mesmo sendo pecador.

"Seu eu atender à iniquidade no meu coração, o Senhor não meu ouvirá;
Mas, na verdade, Deus me ouviu; atendeu á voz da minha oração.
Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia." (versículos 18, 19 e 20)


 

23 de julho de 2016

Salmo 6 - " Davi recorre à misericórdia de Deus e alcança perdão "

" Senhor, não me repreendas na tua ira, nem me castigues no teu furor.
Tem misericórdia de mim, Senhor, porque sou fraco; sara-me, Senhor, porque os meus ossos estão perturbados.
Até a minha alma está perturbada; mas tu, Senhor, até quando?
Volta-te, Senhor, livra a minha alma; salva-me por tua benignidade.
Porque na morte não há lembrança de ti; no sepulcro quem te louvará? " (Salmo capítulo 6 do 1 ao 5)

Neste post a leitura e meditação será no salmo 6 e como está transcrito acima, o salmista e rei Davi faz uma oração a Deus e começa pedindo a sua misericórdia. Ele suplica que não seja repreendido e nem castigado quando o Senhor estiver irado porque dessa forma, ele decerto pereceria.
Em seguida Davi pede misericórdia  pois é fraco e fala que os seus ossos estão perturbados como também a sua alma. Davi clama por livramento e por salvação ao dono da vida e justifica o seu pedido dizendo "Porque na morte não há lembrança de ti; no sepulcro quem te louvará?".
Davi era um servo de Deus mas, como todo homem mortal ele era também um pecador e cometia erros mas nem por isso ele deixava de buscar ao seu Deus suplicando-lhe perdão. Ele sabia que era falho mas sempre estava recorrendo à misericórdia do Senhor e eu creio que é isso o que devemos fazer também nos dias de hoje. Precisamos nos achegar a Deus, nos humilharmos para alcançarmos o perdão de nossos pecados pois, enquanto não fizermos isso, não poderemos ter nenhuma paz, nenhum alívio para a nossa alma.
Estamos vivendo em uma época muito difícil onde as coisas desta terra têm ocupado muito espaço em nossa vida e quantas vezes  nos distanciamos de Deus e das coisas celestiais. Muitas vezes temos tempo para tudo menos para buscarmos ao Senhor. Colocamos a nossa vontade, os nossos planos e sonhos sempre em primeiro lugar e acabamos nos esquecendo de colocar o Rei Eterno em nossa vida, em nosso coração. Mas uma hora a cobrança chega e aí vemos que, sem Deus não somos nada, sem a Sua maravilhosa presença em nossa vida, pereceremos um dia. E quando chega a doença, a dor, o medo e a morte bate em nossa porta? E agora o que podemos fazer se não tivermos o dono da vida para nos ajudar, para nos livrar?  Que não apenas em momentos de angústia e aflição mas que, em todo momento possamos buscar ao Senhor e pedir que Ele nos livre porque na morte não poderemos nos lembrar de Suas maravilhas e no sepulcro não há nenhum louvor. Vamos pedir perdão dos nossos pecados para que alcancemos misericórdia.

Continuando a leitura deste salmo:
" Já estou cansado do meu gemido; toda a noite faço nadar a minha cama: molho o meu leito com as minhas lágrimas.
Já os meus olhos estão consumidos pela mágoa, e têm envelhecido por causa de todos  os meus inimigos.
Apartai-vos de mim todos os que praticais a iniquidade; porque o Senhor já ouviu a voz do meu lamento.
O Senhor já ouviu a minha súplica; o Senhor aceitará a minha oração.
Envergonhem-se e perturbem-se todos os meus inimigos; tornem atrás e envergonhem-se num momento. " (Salmo capítulo 6 do versículo 6 ao 10)

Davi relata que está passando por um grande sofrimento. Ele tem gemido, ele tem chorado e se encontra muito magoado por causa de seus inimigos. Sim, o servo de Deus passa por momentos difíceis também. Passa por angústia e aflição. Passa pelo fogo e passa pela água mas a diferença é que ele não passa sozinho, ele não é abandonado. Portanto, se você também se encontra como o rei Davi, não se desespere e nem perca a esperança. Clame ao Senhor teu Deus, se humilhe para Ele pois a vitória virá, você será ouvido como Davi foi.
O salmista deseja ficar distante daqueles que praticam a iniquidade, quer dizer, daquelas pessoas que não temem ao Criador, pecam e não se arrependem.
Ele fala que já foi ouvido por Deus e que, a sua oração foi aceita. Há algo melhor do que isso? Ser ouvido e perdoado por Deus e finalmente poder ficar em paz? Certamente não há.
No último versículo vemos que todos os inimigos de Davi ficarão envergonhados e perturbados. Eles tornarão atrás e não mais atacarão o servo do Altíssimo sabe por que? Porque eles não podem com Deus. Desde o momento em que o homem tem o Senhor ao seu lado, nada poderá lhe vencer.
Então é isso. Vamos orar, vamos recorrer à misericórdia divina para alcançarmos perdão e sermos livres e salvos porque, tenha certeza, ninguém pode com este Deus.


Se você quiser ler o último post (Salmo 19), ele está aqui .