Pesquise aqui

26 de maio de 2016

Música "Se isto não for amor" de Mara Lima

Deixo aqui um áudio com esta bela e clássica canção interpretada pela cantora evangélica Mara Lima. Para a nossa meditação e também porque tem muito a ver com o meu post anterior, este aqui, em que o tema da mensagem é o livro do profeta Isaías, capítulo 53.





                                            vídeo retirado do You Tube - Canal Gospel Prime
 

ISAÍAS 53 - O PREÇO DA SALVAÇÃO, O SACRIFÍCIO DE JESUS

A Palavra de Deus diz assim em Isaías 53 a partir do versículo 1:

"QUEM deu crédito à nossa pregação? e a quem se manifestou o braço do Senhor?
Porque foi subindo como renovo perante ele, e como raiz duma terra seca; não tinha parecer nem formosura; e, olhando nós para ele, nenhuma beleza víamos, para que o desejássemos.
Era desprezado, e o mais indigno entre os homens, homem de dores, e experimentado nos trabalhos: e, como um de quem os homens escondiam o rosto, era desprezado, e não fizemos dele caso algum.
Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido.
Mas ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moído pelas nossas iniquidades: o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados."  (versículos 1 ao 5)

Vemos que, nestes versículos e nos demais do mesmo capítulo, o profeta de Deus não revela nome algum da pessoa de quem fala. Ele apenas se refere como "ele". E quem seria esse "ele"? Quem seria esse homem que passou por tão grande sofrimento? Esse homem nada mais é que o Filho de Deus e o seu nome é Jesus, sim, o Salvador do mundo que escolheu deixar a Sua glória e vir aqui nesta terra, tornar-se um homem mortal, vivendo como nós e depois ser sacrificado, passando por grande humilhação só para nos salvar, só por nos amar.
Continuando:

"Todos nós andamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho: mas o Senhor fez cair sobre ele a iniquidade de nós todos.
Ele foi oprimido, mas não abriu a sua boca: como um cordeiro foi levado ao matadouro, e, como a ovelha muda perante os seus tosquiadores, ele não abriu a sua boca.
Da opressão e do juízo foi tirado; e quem contará o tempo da sua vida? porquanto foi cortado da terra dos viventes: pela transgressão do meu povo foi ele atingido.
E puseram a sua sepultura com os ímpios, e com o rico na sua morte; porquanto nunca fez injustiça, nem houve engano na sua boca."   (versículos 6 ao 9)

Aqui lemos que o que causou tudo isso foram os nossos pecados, as nossas transgressões e as nossas iniquidades pois, Ele, Jesus, o Unigênito e Perfeito Filho de Deus não tinha pecado algum, Ele nunca pecou, não tinha nenhuma mancha, nenhuma mácula, nunca cometeu nenhuma injustiça e nenhuma maldade mas nós, que tristeza, sempre fomos pecadores e falhos, nós somos maus e nunca alcançaríamos a salvação se não fosse esse sacrifício de Cristo lá na cruz do Calvário. Ele pagou o preço por nós pecadores, Ele que foi morrer em nosso lugar para cumprir o plano de salvação e para que assim pudéssemos receber o perdão e sermos salvos. Tem amor maior do que isto?

Para terminar:
"Todavia, ao Senhor agradou o moê-lo, fazendo-o enfermar; quando a sua alma se puser por expiação do pecado, verá a sua posteridade, prolongará os dias; e o bom prazer do Senhor prosperará na sua mão.
O trabalho da sua alma ele verá, e ficará satisfeito; com o seu conhecimento o meu servo, o justo, justificará a muitos: porque as iniquidades deles levará sobre si.
Pelo que lhe darei a parte de muitos, e com os poderosos repartirá ele o despojo; porquanto derramou a sua alma na morte, e foi contado com os transgressores; mas ele levou sobre si o pecado de muitos, e pelos transgressores intercede."   (versículos 10 ao 12)

Imagine, Ele sofreu muito. Simplesmente Ele carregou sobre si todos os nossos pecados e ainda, todas as nossas enfermidades e dores levou sobre si. Imaginemos o peso e a dor que Ele sentiu. Ele foi moído por nossa causa, foi crucificado numa cruz e morreu junto a pecadores mas Ele era Santo!
Mas tudo isso que o Filho de Deus passou e sofreu não foi em vão e não há motivo para tristeza porque o Seu sangue derramado trouxe salvação e redenção para muitos e produziu muitos frutos.
Àqueles que O aceitam como o Seu Único e Suficiente Salvador e se arrependem de seus pecados, tornam-se Seu povo, um povo lindo e especial, lavado e purificado no sangue de Jesus.

E quem ainda não O aceitou, não entregou sua vida a Ele, ainda há tempo, não sei até quando mas é melhor tomar essa decisão agora pois um dia não haverá mais essa oportunidade porque a porta da graça vai se fechar e aí será o tempo do juízo final e não haverá mais misericórdia.
O tempo é agora porque esse mesmo Jesus que morreu por nós, Ele não ficou morto no sepulcro não, ao terceiro dia Ele ressuscitou dentre os mortos e depois voltou para o céu para interceder ao Pai por nós mas deixou avisado que um dia voltaria para buscar o Seu povo, àqueles que O aceitaram, a Sua igreja querida. Mas Ele não pode levar todo mundo para o céu pois, a decisão tem que ser sua, a salvação é pessoal e quem não estiver preparado vai ficar aqui.








23 de janeiro de 2016

Salmo 10 - " A audácia dos perseguidores, e o refúgio em Deus "

" Por que te conservas longe, Senhor? Por que te escondes nos tempos de angústia?
Os ímpios, na sua arrogância, perseguem furiosamente o pobre: sejam apanhados nas ciladas que maquinaram.
Porque o ímpio gloria-se do desejo da sua alma; bendiz ao avarento, e blasfema do Senhor.
Por causa do seu orgulho, o ímpio não investiga; todas as suas cogitações são: Não há Deus.
Os seus caminhos são sempre atormentadores: os teus juízos estão longe dele, em grande altura; trata com desprezo os seus adversários.
Diz em seu coração: Não serei abalado, porque nunca me verei na adversidade.
A sua boca está cheia de imprecações, de enganos e de astúcia; debaixo da sua língua há malícia e maldade.
Põe-se nos cerrados das aldeias; nos lugares ocultos mata o inocente; os seus olhos estão ocultamente fixos sobre o pobre.
Arma ciladas em esconderijos, como o leão no seu covil; arma ciladas para roubar o pobre; rouba-o colhendo-o na sua rede.
Encolhe-se, abaixa-se, para que os pobres caiam em suas fortes garras.
Diz em seu coração: Deus esqueceu-se; cobriu o seu rosto, e nunca verá isto.
Levanta-te, Senhor: oh! Deus, levanta a tua mão; não te esqueças dos necessitados.
Por que blasfema de Deus o ímpio, dizendo no seu coração que tu não inquirirás?
Tu o viste, porque atentas para o trabalho e enfado, para os tomares sob tuas mãos; a ti o pobre se encomenda; tu és o auxílio do órfão.
Quebranta o braço do ímpio e malvado; busca a sua impiedade, até nada mais achares dela.
O Senhor é Rei eterno; da sua terra serão desarraigados os gentios.
Senhor, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles;
Para fazeres justiça ao órfão e ao oprimido, a fim de que o homem, que é da terra, não prossiga mais em usar da violência. "  ( Salmo 10 - 1 ao 18 )

***********************************************************************

Este salmo começa com duas perguntas e estas perguntas são direcionadas a Deus. Sim, já no versículo 1, o salmista Davi questiona ao Senhor e logo em seguida, a partir do versículo 2, ele mostra o por que desse questionamento. Ele fala tudo o que o homem ímpio faz, suas maldades e astúcia e de como este tipo de gente ( que não teme a Deus e nem acredita nele ), ataca e prejudica o pobre, de forma covarde e cruel.

Eu acredito também que, em nossos dias, nós e muita gente chega a fazer perguntas para Deus, a perguntar o porquê disso, o porquê daquilo e assim, como Davi, questionamos ao Senhor: "Onde está Deus?" , "Será que Ele está vendo tudo isso?" e assim por diante. E realmente nós fazemos isso quando estamos em momentos de grandes dificuldades, em momentos de angústia , em situações bem difíceis.
Naquele tempo, já existia violência e todo tipo de maldade porque o ser humano, em qualquer época, é sempre o mesmo. Em sua natureza carnal e pecaminosa, se o homem não temer a Deus e não escolher o caminho reto, ele será  capaz de fazer coisas terríveis, ele fará qualquer coisa para conseguir o que quer. Então Davi, já cansado de ver os ímpios fazendo o mal foi falar com o Senhor, foi orar. E é isso o que nós precisamos fazer também porque hoje, a situação ainda está bem pior do que na época de Davi. Estamos nos finais dos tempos e a maldade humana, a violência cresce cada dia mais e infelizmente são muitos os que estão sofrendo e morrendo nas mãos de gente perversa.
E o que Deus quer que façamos? Que olhemos tudo isso e achemos normal? Não! Nada disso! Porque tudo o que é ruim não é normal e a gente não pode se conformar com a injustiça. Davi, que foi um homem segundo o coração de Deus, não se conformou com o que ele viu e a Bíblia, a palavra divina, registrou esse momento de angústia de Davi e deixou como exemplo para nós. Se o salmista orou ao Altíssimo assim, nós também podemos fazer o mesmo porque, através do nosso clamor, através da nossa oração, o Senhor irá intervir e socorrer os necessitados.

Preste atenção:
Parece, mas só parece mesmo que Deus está longe e não está vendo o que acontece aqui na terra porque na verdade, o Criador não tira os seus olhos em nenhum momento daqui, muito pelo contrário, Ele está atento e muito atento a cada um de nós, quer façamos o bem, quer façamos o mal, assim diz a sua palavra. No post anterior o tema foi o salmo 11 e no versículo 4 comprova isso. ( post aqui )
Então é aí que o homem ímpio se engana. Ele pensa que Deus não existe ou, em outro momento, que Deus se esqueceu da maldade que ele fez ou ainda, que Deus nunca verá o seu pecado, o  seu crime. Mas mal sabe ele que o Senhor dos Exércitos está de  olho nele e há de requerer, com toda certeza, o sangue inocente derramado.
E esse Deus não falha. Ele não tarda também. O que acontece é que o tempo dele é diferente do nosso. Ele é Deus e age quando quer.
Por isso não podemos deixar de clamar a esse Deus justo e não devemos nos conformar com as coisas erradas. Vamos levar a Ele as nossas inquietações, as nossas angústias e os nossos problemas porque Ele terá prazer em nos ajudar e nos atender.

Você que já sofreu alguma injustiça na vida, que já sofreu até mesmo a perda de entes queridos ou amigos/conhecidos por causa da violência, por causa de alguma maldade qualquer, saiba que Deus viu o que você passou, Ele viu tudo e não se esquece também. Saiba que Ele há de fazer justiça no tempo certo. Por isso, não desista, não desanime, continue clamando a Ele, continue fazendo o bem, trilhando o caminho reto, de paz, não diga que Deus lhe esqueceu, não diga que Ele se escondeu porque Ele não faz isso e a Sua palavra que é fiel e eterna diz:

"O Senhor é Rei eterno; da sua terra serão desarraigados os gentios.
Senhor, tu ouviste os desejos dos mansos; confortarás os seus corações; os teus ouvidos estarão abertos para eles;"  ( Salmo 10 - 16,17 )

Davi termina este salmo não mais com perguntas mas sim com afirmações, dizendo que o Senhor ouviu a oração dos mansos e que confortará os seus corações e que Ele está pronto para ouvi-los. Portanto, nada de dúvidas, não duvide da justiça desse Deus. Leia a sua palavra, a Bíblia Sagrada para conhecê-lo melhor e ver que Ele não  falha. O homem mau, o violento, o perverso acha que nunca será abalado, acha que nunca precisará prestar contas a Deus mas o que ele não sabe é que o Senhor é justo e que promete justiça aos seus filhos.
E não se esqueça: Refúgio seguro só em Deus.