Pesquise aqui

Mostrando postagens com marcador ressurreição. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ressurreição. Mostrar todas as postagens

16 de abril de 2017

Páscoa: Jesus ressuscitou!!!

A ressurreição 
"E no primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.
Correu pois, e foi a Simão Pedro, e ao outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse -lhes: Levaram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram.
Então Pedro saiu com o outro discípulo, e foram ao sepulcro.
E os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais apressadamente do que Pedro, e chegou primeiro ao sepulcro.
E, abaixando-se, viu no chão os lençóis; todavia não entrou.
Chegou pois Simão Pedro, que o seguia, e entrou no sepulcro, e viu no chão os lençóis,
E que o lenço, que tinha estado sobre a sua cabeça, não estava com os lençóis, mas enrolado num lugar à parte.
Então entrou também o outro discípulo, que chegará primeiro ao sepulcro, e viu, e creu.
Porque ainda não sabiam a Escritura: que era necessário que ressuscitasse dos mortos.
Tornaram pois os discípulos para casa." (João 20 -1 ao 10)

Até aqui vimos que os amigos de Jesus o foram buscar no sepulcro. Primeiro, Maria Madalena que, não o encontrando ali, ficou desesperada e foi avisar aos discípulos que a sepultura estava vazia.
Simão Pedro e João foram se certificar de que realmente aquilo era verdade. Chegando lá, viram apenas os lençóis e o lenço. Então viram que era verdade: Jesus não estava mais ali. Seu sepulcro estava vazio. Então voltaram para casa.
Eles ainda não sabiam mas Jesus já havia ressuscitado dos mortos. O lugar do Cristo não era no sepulcro. Ele venceu a morte e voltou à vida.
E o que aprendemos com isso? Que nunca vamos encontrar Jesus num sepulcro. Ele não está mais lá. O seu sepulcro está vazio pois Ele é a própria vida.

Jesus aparece a Maria Madalena 
"E Maria estava chorando fora, junto ao sepulcro. Estando ela pois chorando, abaixou-se para o sepulcro;
E viu dois anjos vestidos de branco, assentados onde jazera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés.
E disseram-lhes eles: Mulher porque choras? Ela lhes disse: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram.
E, tendo dito isto, voltou-se para trás, e viu Jesus em pé, mas não sabia que era Jesus.
Disse-lhe Jesus: Mulher por que choras? Quem buscas? Ela, cuidando que era o hortelão, disse-lhe: Senhor, se tu o levaste, dize-me onde o puseste, e eu o levarei.
Disse-lhe Jesus: Maria! Ela voltando-se, disse-lhe: Raboni (que quer dizer, Mestre)."
(João 20 - 11 ao 16)

Os discípulos voltaram para casa mas Maria Madalena continuou lá, junto ao sepulcro de Jesus, e ela chorava. Sim, claro, não era pra menos. O Seu amado Mestre tinha sido crucificado e morto e agora nem ao menos o seu corpo ela podia ver. Não poderia mais prestar a sua homenagem a quem a aceitara e a perdoara. Se tiraram ele dali onde o colocaram?
Ela estava disposta a encontrar o corpo de seu querido Mestre.
Então quando ela abaixou-se para o sepulcro viu dois anjos no lugar onde havia sido colocado o corpo de Jesus. Eles lhe perguntaram por que ela chorava. Ela disse o motivo e quando voltou-se para trás, talvez pressentiu que havia alguém atrás dela e este alguém a olhava, sim Jesus já estava ali com ela e a olhava, viu um homem em pé mas não reconheceu o seu Mestre.
Então ele (Jesus) lhe perguntou:
- Mulher, porque choras? Quem buscas?
Vejam só que coisa mais linda estas palavras de Jesus. Quem Maria Madalena estava procurando era quem estava à sua frente agora e falava com ela.
Por isso Jesus lhe perguntou: "Porque choras?" , pois se Ele está vivo para que a tristeza, por que as lágrimas?
E ela achando ainda que era outra pessoa lhe pediu que  dissesse onde o seu Jesus querido estava quando este mesmo Jesus, a quem procurava, a chama pelo nome, mas com ênfase. Ele exclama: "Maria!" Dessa vez não tinha como não saber quem era que falava com ela, quem a chamava assim tão carinhosamente pelo seu nome, com a intimidade de velhos amigos.
Então ela o reconhece e lhe diz: "Raboni". Sim! O Seu amado e querido Mestre estava de volta! A sua  sepultura estava vazia porque Ele tinha voltado à vida. O Mestre dos mestres ressuscitou!
Imaginem a felicidade dessa mulher. Se minutos antes ela chorava de tristeza agora ela tinha motivos pra vibrar de alegria. Se minutos antes ela não sabia onde estava o corpo de Jesus agora ela sabia que Ele estava ali, juntinho com ela.
Eu acho esta uma das passagens mais lindas da Bíblia, senão a mais linda e tocante, que chega a nos emocionar, este maravilhoso encontro de Maria Madalena com o Jesus ressurrecto. Que lindo, que inesquecível, que maravilhoso. Isto é o que Jesus é para nós também: Ele está sempre pronto a nos surpreender. Ele (e somente Ele) transforma o nosso choro em riso e a nossa tristeza em alegria.
Aliás, sem Ele em nossa vida, sem Ele em nosso caminho, o vazio é muito grande mesmo, até difícil de suportar. Sem Jesus conosco sobra espaço para a tristeza, para a solidão e para o desespero que foi ️o que Maria Madalena sentiu. Mas a partir do momento que ela viu Jesus novamente o sepulcro vazio não foi mais motivo de tristeza e sim de alegria pois, se o Mestre não estava mais ali é porque havia ressuscitado!
Sim, é Páscoa, é alegria, pois Jesus vivo está!
Com certeza Maria queria lhe abraçar, beijar e O adorar mas Jesus ainda estava em missão e lhe pediu  assim:
"Não me detenhas, porque ainda não subi para meu Pai, mas vai para meus irmãos, e dize-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus."
Assim Jesus, o Filho de Deus, cumpriu o plano do Pai, de salvação para a humanidade e depois voltou ao céu,  com todo o poder que lhe foi dado e em breve irá voltar para buscar a sua igreja.
Feliz Páscoa com Jesus!





















5 de abril de 2015

ELE vive!

 "E NO primeiro dia da semana Maria Madalena foi ao sepulcro de madrugada, sendo ainda escuro, e viu a pedra tirada do sepulcro.
Correu pois, e foi a Simão Pedro, e ao outro discípulo, a quem Jesus amava, e disse-lhes: Levaram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram.
Então Pedro saiu com o outro discípulo, e foram ao sepulcro.
E os dois corriam juntos, mas o outro discípulo correu mais apressadamente do que Pedro, e chegou primeiro ao sepulcro.
E, abaixando-se, viu no chão os lençóis; todavia não entrou.
Chegou pois Simão Pedro, que o seguia, e entrou no sepulcro, e viu no chão os lençóis,
E que o lenço, que tinha estado sobre a sua cabeça, não estava com os lençóis, mas enrolado num lugar à parte.
Então entrou também o outro discípulo, que chegara primeiro ao sepulcro, e viu, e creu.
Porque ainda não sabiam a Escritura: que era necessário que ressuscitasse dos mortos".
( João 20 - 1 ao 9).

Quando Jesus morreu, na sexta-feira, de maneira cruel, com certeza foi um dia muito triste para quem o amava, para quem o seguia. Imagine, perder um amigo, perder um Mestre que só fazia o bem e só demonstrava amor. Imagino que o coração de seus discípulos, de sua mãe e das outras mulheres que o seguiam, ficou apertado de tanta dor e eles perderam um pouco a esperança na vida, tudo ficou sombrio. Não é fácil  mesmo perder quem a gente ama.

E agora? O que fazer? Para onde ir? Como prosseguir sem o Mestre querido? Como transpor as barreiras agora? Quem vai acalmar a tempestade outra vez?

Acabou a sexta-feira. Iniciou-se o sábado. E tudo continuava do mesmo jeito. A vida estava sem cor. Como ter forças para prosseguir na caminhada? O Mestre foi-se  e eles se sentiam desamparados e estavam com medo. Estavam tristes e confusos e, certamente, sentiam muita solidão.
Passou-se o sábado inteiro e acabou-se o dia.

Iniciou-se o domingo ( o primeiro dia da semana). Daquele dia em diante, as coisas não continuariam assim. Tudo mudaria. Tudo seria diferente agora.
A tristeza, a solidão, o medo, a angústia não mais permaneceriam.

Eles ainda não sabiam mas, Jesus havia ressuscitado! Ele não estava mais morto, não havia mais motivo para chorar! Ele voltou à vida e logo todos iriam se encontrar!

Maria Madalena foi ao sepulcro para vê-lo. Mas Ele não estava mais lá. Ela ficou desesperada. Para onde o levaram? Onde o puseram? Por quê?
Não, Maria! O lugar de Jesus não é no túmulo! Não precisa se preocupar, porque vivo Ele está!
Simão Pedro e João também foram  e encontraram o túmulo vazio.
Eles ainda não sabiam que o querido Mestre estava de volta.

"Disse-lhe Jesus: Mulher, porque choras? Quem buscas? (...)
Disse-lhe Jesus: Maria! Ela voltando-se, disse-lhe: Raboni (que quer dizer, Mestre).
( João 20. 15-16).

Ah! Agora sim! Maria viu o Senhor! Ela se encontrou com o seu Mestre querido!
Ele estava vivo! Ele ressuscitou!
Este não foi mais um dia triste e sombrio. Pelo contrário, se tornou um dia feliz e radiante. O dia mais feliz e importante!
A alegria voltou. Pra quê medo? Não há mais motivo para chorar.
Agora é só celebrar! Agora é só O adorar!
O plano da salvação foi cumprido. Jesus derramou o seu sangue puro, na cruz do calvário, para que os nossos pecados fossem perdoados. Ele morreu, mas ao terceiro dia ressuscitou, para nos dar vida!
Ele nos amou, Ele nos salvou!
Ele fez tudo isso por mim e por você.
Ele não está lá mais naquele túmulo. Hoje Ele está à direita de Deus.
Que tal O Aceitar como O Seu Único e Suficiente Salvador?

"E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra."
( Mateus 28.18 ).

Feliz Páscoa com Jesus!